Ciúme

  Nasce como uma faísca e apodera-se da nossa alma como uma labareda incandescente de raiva, desejo e posse… Ciúme rasga-nos as entranhas e deixa-nos reduzidos ao tamanho de uma ervilha. O ciúme pode ser abafado, temperado, tímido, quase oculto, só revelado no espelhar de um olhar. Pode também ser rápido, forte, devastador, como um … Continuar a ler Ciúme