Animais: Seres pensantes ou decisores por instinto

INSIDE THE MINDS OF ANIMALS – O que pensam os animais e nós sobre eles? Eis um TedEx curioso que fala sobre as diferenças de perspectiva entre as espécies e serve como mote para pararmos e meditarmos sobre a forma como encaramos o “outro” em particular, espécies diferentes. Sabemos assim tanto? Estaremos assim tão distantes destes?

Anúncios

Cães e gatos vivem mais…

Cães e gatos vivem mais dois anos do que há uma década, dia o artigo de 17 de Fevereiro de 2017, do Observador.
Os cães e gatos que recebem os devidos cuidados vivem mais dois anos do que há uma década, segundo a perceção de Luís Montenegro, diretor clínico do Hospital Veterinário Montenegro.

Está tudo relacionado com os cuidados que temos com os nossos animais, relacionados com saúde e bem-estar. Visitas mais frequentes ao veterinário, melhor alimentação, maiores cuidados no sentido de evitar que estes se exponham a perigos desnecessários. Pode saber mais aqui, no artigo original

Ele há dias...

See you Lesley (AGA) – RIP

Há uns anos apareceu-nos uma gata tartaruga perto de casa… enquanto passeávamos, veio ela do nada ter connosco… o Ricardo diz que foi um sinal, que ela é que nos adoptou… a verdade é que até hoje continua connosco.  No entanto como já tínhamos 3 gatos, resistimos e resistimos… e começamos a pensar em formas de pagar a esterilização… um dia ela desapareceu… apareceu semanas depois com uma barriga enorme… resumindo, estimamos que tenha parido entre 6 a 7 gatos, só encontramos  vivos 4. Nessa altura pedimos ajuda a uma pequena associação, muito generosa que marcou logo as condições plesleyara tratarmos a mãe e os filhos, e por isso cá em casa não há mais surpresas. Conseguimos dar seguimento a alguns para adopção, mas a família aumentou. Outro dia apareceu outra gata, chamamos de Arisca por ser de feitio dificil e ficar apenas na varanda da casa dos meus pais… mal não fazia, foi ficando… mas falamos com a tal associação, e tratamos de a esterilizar antes de termos mais surpresas… Sempre foram assim. Generosos pelos gatos, por quem cuida deles e não tem como cuidar mais, sempre um anjo. Hoje o anjo principal por todas essas ajudas partiu e deixa um sentimento de vazio e tristeza, como no dia em que nos levaram o MNE.

No Facebook da Carvoeiro Cat Charity lê-se:

” We are all very sorry to hear that Lesley Normington passed away yesterday. She was a true ambassador for cats across the Algarve and beyond. She gifted the legacy of the Mr No Ears Retirement Sanctuary at Carvoeiro Cat Charity and Rescue Centre which we will be for ever grateful for.

As Lesley used to say “Its all about the cats”

Que descanse em Paz e que seja recebida como sempre tratou os outros, com simpatia, caridade e um longo grupo de bigodudos de caudas bamboleantes.

 

Novo Separador no Blog

Visitem o nosso separador novo aqui ao lado… mesmo ao lado, onde diz:” Animais de Estimação (Dicas)”.

Imagine-se! Dicas sobre animais de estimação, links úteis para a entidade de denúncias aos maus tratos, link para a entidade que nos permite descobrir se um animal está ou não registado (pelo número de chip), entre outras coisas igualmente interessantes.

Amor com bigodes

Num subtil ronronar prendemos os olhos nela. Faz-nos recordar o porquê de seremos tantos. Nos e eles. Tantos aqueles a quem damos amor diariamente.

O que começou por uma siamesa louca, transformou-se no amor incondicional por uma espécie. A Nina foi a última. É doce, endiabrada e surpreendentemente inteligente. Capta as nossas acções e muitas vezes é apanhada em momentos de tentativa de repetição do que nos viu fazer. É doce, observadora e ganha a família toda entre ronrons e curtos miados agudos. É a mais doce. Roça, brinca, conversa quando lhe convém. Beija muito os irmãos. Por vezes beija tanto que parece querer remover todo o pêlo numa lambidela.

É um doce, e angustia-me a quantidade de gatas, Ninas, abandonadas, doces como ela, nas ruas, nos gatís de abate, entregues à sua sorte. É um amor, esteve em fat durante quase um ano, ninguém a quis. É preta, tartaruga, é vulgar. O que as pessoas não sabem é que ela usa rocas, bolas e brinquedos de corda como uma criança de dois anos. Adormece ao nosso lado ou conversa como se discutisse a crise no médio oriente. A Nina e o Jorginho são hoje família.

Nina- gata preta

 

 

O Gata Preta fez ontem 5 anos. Obrigada ❤