You only get one life

Ficar acordada até tarde antes do feriado para ter mais uns minutos de coração mole e borboletas no estômago.

“You only get one life. It’s actually your duty to live it as fully as possible.”

― Jojo Moyes, Me Before You

Esta pérola tem também uma banda sonora “quentinha”. L-O-V-E I-T!

Here!

Anúncios

O SOBRALINHO GANHOU!?

“Somaram os pontos de todas as edições anteriores?” – Questiona Ricardo Carvalho…

Eu acho que é a primeira vez que sigo uma final da eurovisão… não sei se ei-de rir ou chorar mas passei a semanas a ouvir isto ainda antes de saber que ia à eurovisão.

Como é possível! GANHAMOS A EUROVISÃO, a seguir a ter ganho o europeu!

MANOS SOBRAL! OBRIGADA!!!

Gata 199X-2017

Bem do ladinho do céu tem um lugar chamado Ponte do Arco Íris.
Quando morre um animal que foi especial para alguém daqui, esse animal vai para Ponte do Arco Íris.
Lá existem riachos e colinas para que todos os nossos amigos possam correr e brincar juntos .
Tem muita comida, água e sol, e nossos amigos estão quentinhos e confortáveis. .

Todos os animais que estavam velhos e doentes voltaram a ter vigor e saúde; aqueles que estavam machucados ou aleijados estão inteiros e fortes novamente, exatamente como nas nossas lembranças dos tempos que já se foram.
Os animais estão felizes e contentes, exceto por uma coisinha: cada um deles sente falta de alguém muito especial , que teve que ficar para trás.

Todos correm e brincam juntos, mas chega o dia quando um subitamente para e olha para longe. Seus olhos brilhantes estão atentos; seu corpo treme de ansiedade. De repente ele começa a correr para longe do grupo, voando sobre o gramado verde, suas pernas indo mais e mais rápido.
Você foi avistado, e quando você e o seu amigo finalmente se encontrarem, vocês se abraçam numa reunião feliz, para nunca serem separados novamente. Os beijos alegres chovem sobre o seu rosto; suas mãos afagam de novo a cabeça amada, e você pode olhar mais uma vez nos olhos confiantes do seu amigo, ausentes há tanto tempo da sua vida mas nunca longe do seu coração.
Aí vocês cruzam juntos a Ponte do Arco Íris…

Autor desconhecido

Jogo da Baleia (Rosa)

Olá e boa tarde meus amigos.

Quando me deparei sobre os detalhes sobre o jogo de 50 tarefas de automotilação que termina com o suicídio, já a primeira vítima da Baleia Azul tinha surgido em Albufeira. Sim, aqui mesmo, ao lado de casa.

Felizmente, uma agencia de marketing deciciu num laiovo de inspiração e brilhantismo, criar o jogo da #baleia-do-bem a Baleia Rosa.

Gira, não sou? Clica sobre mim e descobre as tarefas que podes fazer para aderir ao jogo da Baleia Rosa. Começa já! Sê feliz!

A baleia rosa é a soldado que luta no sentido inverso do trabalho feito pela Baleia Azul.  Está cheia de ideias e tarefas positivas que ajudam a trabalhar a auto-estima e o bem estar de quem joga e dos envolvidos no jogo.

No facebook ou na aplicação móvel podemos seguir as várias tarefas e ir postando ou guardando para nós.

Por isso eis a minha primeira tarefa – Escrever no braço de outra pessoa o quanto gosto dela.

 

ps. Sobre a outra, façam um favor, não adicionem pessoas que não conhecem, não respondam no watts a numeros compridos e estranhos, não adiram a grupos esquesitos no face… vamos parar com esta brincadeira de mau gosto.

Visitem antes a Baleia Rosa

Be happy!

As quatro superstições

Something old,
something new,
something borrowed,
something blue,
and a sixpence in her shoe.

Diz o poema que ela deve levar algo antigo, para simbolizar o passado e algo novo, para o futuro. Algo emprestado, de preferência de quem tenha tido um casamento feliz e algo Azul (Uns dizem que é por ser uma cor de amor, felicidade, e pureza e outros falam em santos católicos) e a que eu não conhecia, uma moeda de prata no sapato esquerdo (sim porque andar de saltos e vestido não é suficiente… então as desgraçadas ainda devem levar uma moeda de prata no sapato).

O poder da felicidade no local de trabalho – A parabola da formiga (resumo)

Vamos adoptar outra perspectiva, pode ser?

Neste artigo “Parábola do despedimento da formiga desmotivada“, fala-se da história de uma formiga que viu o seu ambiente de trabalho a mudar, a pressão a aumentar e deixou de ser feliz no seu trabalho.  O texto supostamente de autor anónimo, refere um conjunto de acções que visaram “aumentar” a produtividade da formiga, mas que acabaram por sufocar o trabalho da mesma.

Existem sítios onde o patrão delega o seu trabalho nos profissionais mais competentes, porque sabe que para a sua sanidade mental e vida pessoal, esse é um ponto crucial! Ninguém pode, nem consegue, nem deve controlar tudo a toda a hora.

O que vejo quando olho em redor actualmente, é assustador! Empresas inteiras que não sabem o que fazer ao nível dos recursos humanos, queimam trabalhadores, frustram expectativas e qualidade de trabalho, não mostram muitas vezes a intenção de facilitar a vida pessoal de cada um, e perdem dezenas, centenas de funcionários com um excelente qualidade. E sabem que mais, as formigas saem do local e irão encontrar algo melhor, um sítio para serem felizes e para se sentirem realizadas. Cada vez mais formigas procuram fazer algo que amam…

ps. Obrigada à empresa que me deixa exercer a minha actividade de voluntariado (das coisas mais satisfatórias e gratificantes que fiz até hoje) – Ser Auxiliar de Veterinária – e que me ajudam a abrir horizontes e a pensar que poderá haver  um futuro risonho à espera. Obrigada.