PPC 2013

Inscreve-te já no maior evento de troca de postais da blogosfera – PARTICIPA NO POLAR POST CROSSING 2013 – Um Evento QUADRIPOLARIDADES.

Em caso de dúvida consulte a Ursa ou continue a ler as FAQ’s (da Ursa Claro!!!)

QUADRIPOLARIDADES – PPC

FAQ
  • Em que consiste o Polar Postcrossing 2013?
Estão a ver o joguinho típico do amigo secreto? Em que se sorteia a quem se vai dar uma prenda? Aqui é o mesmo mas …estão a ver os postais de Natal coloridos na caixa do correio em vez dos postais electrónicos? É isso.
Cada participante recebe uma morada e tem que enviar um postal de Natal para o seu polar secret friend até dia 15 de Dezembro. 
That’s it. Simple as Nutella.
  • Como vão ser sorteados os polar secret friends?
Este ano, a par do que aconteceu o ano passado, sou eu que baralho os nomes e os distribuo (afinal eu sou a própria Pólo Norte, vale?).
  • Como posso participar?
Inscrevendo-se aqui: http://www.quadripolaridades.com/ppc/ até dia 30 de Novembro.
  • Quando vou saber o nome e a morada do meu blogger secret friend para lhe poder enviar o postal?”

No dia 1 de Dezembro coloco os V. nomes todos num saquinho (é mais num Excel, mas pronto), baralho e envio-vos um e-mail de volta com a morada do V. amigo secreto. Os emails chegar-vos-ão, o mais tardar, até 5 de Dezembro (reclamações só depois desta data, ok?)

  • Opá, a minha mulher não vai achar muita graça a esta brincadeira. Como posso fazer?
Quem não quiser divulgar a própria morada (que só será do conhecimento da ursa e do respectivo amigo secreto) pode facultar outra, nem que seja a da avó, uma caixa postal dos CTT, a do local de trabalho, a do ginásio, a do café de confiança lá do bairro que depois de avisado recebe o postal e entrega-o a seu dono, enfim.
  • Opá, eu não quero associar o meu nome ao meu blog porque vai-se a ver e encontram-me no FB e ficam a saber que eu não sou fashion blogger nenhuma e visto mal de cara e sou um homem, afinal. Como posso fazer?
Quem não se quiser identificar com o link do blog, é só dar o seu nome, endereço e distrito a que pertence a morada (afterwords a name is just a name). A vantagem de se dar o link é que a pessoa que receber a vossa morada poderá conhecer-vos melhor através do blog e escolher um postal mais personalizado, vale?

  • Opá, tenho receio que depois de uma pessoa ter a minha morada na mão, afinal seja o estripador da Bobadela, me venha bater à porta e me faça mal. Como podes prevenir isso?
Quando distribuo os polar secret friends obedeço a algumas premissas, entre as quais, pessoas da mesma cidade não escrevem umas para as outras.  Aliás, sempre que possível nem do mesmo distrito.
As restantes premissas são: os rapazes (que são em menor número) não escrevem a outros rapazes; as pessoas que vivem no estrangeiro escrevem necessariamente para alguém de Portugal e recebem postal de alguém de Portugal também; não se repetem amigos de um ano para o outro e, finalmente, cada pessoa têm dois tipos de interacção: escreve para uma pessoa diferente da pessoa de quem recebe o postal.
Isto dá trabalho, pá (vide antepenúltimo ponto).
  • Eu só leio blogs mas não escrevo em nenhum. Isto é: não tenho blog, posso ser discriminado por isso? Ou posso participar?

Claro. Desde que leias o Quadripolaridades. 

  •  O meu amigo secreto não tem blog, como posso adequar um postal aos gostos dele?
Em caso de dúvida arranja um postal com ursos polares. É garantido que o o tipo é, claramente, quadripolar.
  • Vivo no estrangeiro, sou emigrante, estou a viver a maravilhosa experiência da diáspora, isso pode comprometer a minha participação?
Não. Desde que vivas num sítio onde haja distribuição postal, selos, papel, é na boa. Já sabemos que alguém vai gastar mais dinheiro em selos mas, em contrapartida, fica com a possibilidade de um couch nas próximas férias. 😛
  • Pólo Norte, eu sou um bom português e estou a ver se deixo a minha participação para depois do dia 30 de Novembro. Abres uma excepçãozinha para mim, não abres?
Não. Têm que se decidir, a.s.a.p., se querem participar ou não. Depois de tudo sorteado e distribuído no dia 1 de Dezembro não volto a mexer no Excel, porque depois não se verificam as premissas e é o cabo dos trabalhos!
  • Apetecia-me imenso receber um postal mas sou preguiçosa e não garanto que envie um. Posso participar?
Não. E se o fizeres ficas sujeito a um apedrejamento público no Quadripolaridades. Caso contrário, fica sossegadinho. Isto é para quem quer dar e receber. Não é esse o espírito do Natal?
(Aliás, peço a quem não recebeu postal no ano passado que me envie um e-mail – quadripolaridades@gmail.com- para que eu este ano não permita que os supostos remetentes fajutas do ano passado não voltem a participar, ok?
  • Assim que receber a morada do meu polar secret friend, o que devo fazer?
Depois? Depois é visitar o blog do V. amigo (se tiver blog), escolher um postal que tenha que ver com ele, escrever, meter selo e enviar pelo correio. E esperar que chegue um postal à V. caixa de correio, também.

  • Quando é suposto enviar o postal de Natal para a morada do meu polar blog friend?
A partir do momento em que tiveres a morada do teu polar blog friend em teu poder, podes dar cordinha aos teus sapatos. Quanto mais depressa enviares maior será a probabilidade dele receber a surpresa a tempo do Natal, que é a ideia desta brincadeira toda. E, mais, procrastinar é uma coisa feeeeia. (E não tem graça receber postais de Natal depois do ano Novo, pá!)
  • É suposto manter segredo?
Pretende-se que mantenhamos em segredo quem são os nossos polar blog friends até que os postais que lhes enviemos cheguem às suas caixas de correio. A ideia é não escarrapacharmos no blog “Ahhh, vou escrever um postal para a “Maria Peixinho” do blog “Estás aqui, estás a ser pescada” porque isso estraga a surpresa ao destinatário, tá?
  • Quem deve participar?
Quem quiser receber um postal de Natal à antiga. E quem quiser, fundamentalmente, fazer alguém  sorrir ao abrir a caixa do correio pelo menos uma vez no ano (espera-se que nesse dia a Cofidis e a EDP não decidam mandar as contas também, senão lá está tudo estragado…)
Este ano só não recebe pelo menos um postal de Natal quem não quiser, ai isso garanto-vos eu.
  •  O ano passado houve gente que perguntou: e se eu quiser enviar uma lembrancinha a acompanhar o postal? Posso?
Sim, desde que não seja Antrax.
  •  Posso enviar um postal por e-mail em vez de via CTT?
Não. Esta é uma troca de postais físicos. Se eu achasse graça a e-postais teria feito um paintbrush postcrossing. Não foi o caso.
  • E quem não quiser participar?
Quem não quiser participar: azarecos. Contentem-se com os e-cards ranhosos! 😛
  • Como posso fazer para agradecer à ursa tão genial ideia pelo quarto ano consecutivo?
Será pedir muito que em cada envelope escrevam a frase “I ❤ Pólo Norte”? É que assim-com’ássim fazia-me bem ao ego. E é Natal…
Ah, e à medida que vão recebendo os V. postais fotografem-nos e postem-nos no mural da página de facebook do Quadripolaridades.
 
Quem quiser superar-se em simpatia e generosidade pode também enviar um postal para a ursa. A morada é:Apartado 31, EC Alcabideche, 2646-901 Alcabideche. 
 
Portanto, não se sintam pressionados mas eu vou passar o meu feriado de 1 de Dezembro a enviar e-mails, garantindo que todos os participantes tenham a oportunidade de receber um postal de Natal nas suas caixas dos correios. E não, não tenho acções nos CTT.

Assim, enviem-me postais de Natal simpáticos com fotografias de ursos polares, ou mandem-me prendas- um par de cuecas de gola alta, kimas de marcujá, uma mantinha polar, chouriças de cebola, pauzinhos para comer sushi, uma posta de bacalhau, luvas de boxe, pilhas, enfeites para a árvore de Natal, couves portuguesas, leques para eu oferecer à minha mãe, perus, wahetever. Eu mereço, tá?
 
  • Eu não participei e não vejo qualquer utilidade nesta porra. Podes-nos dar um argumento convicto acerca da genialidade desta iniciativa, Pólo Norte?
Há dois anos a ursa recebeu um postal desta amiga secreta. Adivinhem quem me hospedou em NYC nas férias?
 
  • Como bons portugueses que somos, podíamos bater um record. Alinhamos na maior mesa de bacalhau com batata e couve em cima do Cristo-rei ou tens outra ideia?
O ano passado fomos mais de 1000, este ano não vamos fazer a coisa por menos, certo???
Anúncios