Gondii e Comp. LDa

Pescador, Pantera, Nina, Misha, Tita1, Tita2, Pingo, Gata, Kami, Mitzy, Jorginho, Nina2, Miracle (fat) … Se não perder muito tempo a pensar no assunto, por alto já tive entre gatos meus e de família directa e fat à volta de 13 gatos. Durante o tempo em que fazia voluntariado num regime semanal era sempre a menina dos gatos, limpava as caminhas, taças, caixas onde eles dormem, doentes, ninhadas, mamãs. Muito vómito, arranhadelas, cocós, mijas…

Isto tudo para chegar ao facto de que não sou imune à toxoplasmose. Entre tantos anos a lidar com animais, nunca fui portadora, não tenho anticorpos, a doença pelos vistos nem chegou perto. Como referem os veterinários dos meus gatos (tanto a menina de Braga, como uma das meninas de Albufeira atenderam grávidas), é tudo uma questão de cuidados de higiene. As probabilidades de apanhar toxoplasmose a consumir carnes mal cozinhadas ou legumes mal lavados é muito maior do que por qualquer outra via.

Os seus gatos comem ratos ou carne de porco crua? Andam na rua ou no campo? Você come areia de gato? Não lava as mãos? Compreendo todos aqueles que querem ter um cuidado extremo durante a gravidez, compreendo e subscrevo, mas não abandone o seu animal sem ao menos investigar ou perceber como funciona a doença.

A culpa não é do gato. A família não se abandona. Eu não sou imune, mas eles vão continuar comigo. Pense no lado positivo: os carinhos do seu gato (com cuidado e higiene) sem a preocupação de limpar a caixa de areia por longos meses! É só lucro!

Um beijo especial para as minhas amigas grávidas que não abandonaram os seus pequenos patudos*

Anúncios