A preparação do plano

Sabia que aquele dia iria chegar, e no fundo, sentiu uma tristeza imensa. Nunca nada é perfeito e o tempo acompanhava este pensamento, vestindo-se de sombras e suspiros.

É tarde e está na hora de ir, de fazer um pouco mais por mim – pensou. Olhava para aquela mala debotada que os anos da faculdade castigaram, escolhia o melhor modo de arrumar o resumo de uma vida sem que nada faltasse ás suas mãos no devido momento da necessidade. A mais ínfima particularidade.

Aqui vamos nós de novo. Era o mesmo sentimento de há 8 anos atrás. Estava na hora!

Advertisements