Publicado em Opinião

Um futuro nas mãos

Pertenço a uma nova geração. Uma geração cheia de energia que nasceu com o futuro nas mãos. A u ma geração com vontade de criar, de ser, de construir mais e melhor. Nascemos com teclas e comandos nas mãos, e comandamos de facto as nossas vidas. Comandam aqueles que tem arrojo, ideias e vontade. Os que não se dignam a ficar a espera de respostas que podem nunca chegar. Precisamos de energia, de virar o mundo do avesso e de querer, desde o mais profundo do nosso ser, desde o mais ínfimo átomo, querer. Querer ser mais, melhor, errar e aprender, evoluir e ser melhor, muito melhor.

Mais e melhor e calar essas bocas que dizem que somos a geração dos apanhados, dos acomodados a casa dos pais, dos que esperam pelas respostas e deprimem sem mais. Somos capazes e somos muitos e podemos de facto alterar o rumo deste rio.

Venham daí os nativos digitais, os meninos e meninas das teclas, das redes sociais, das opiniões que movimentam massas e fazem valer os seus direitos. Venham daí os informados, os educados e os que continuam a ter sede de aprender um pouco mais a cada dia sem saber se querem algum dia cessar esta procura.

Venham daí, gente viva, malta verde com o futuro nos olhos e vontade no coração. Acordem porque o futuro é hoje.

Anúncios

Autor:

Eu sou a Vera e tive uma grande amiga que entretanto foi para o céu dos gatos... A ela seguiu-se a Siamesa... agora tenho um casal de pretos e uma tricolor louca que devora decorações de natal e fitas. Como sou criativa, a minha pegada digital começou em finais dos anos 90, ainda o upload de material era um terror e o "Terravista" um Sucesso. Gosto de novas tecnologias em particular de redes sociais. Sou caótica, desconheço o conceito de timming. Não como caracóis, carne e/ou favas. Não faço despedidas.

2 opiniões sobre “Um futuro nas mãos

Os comentários estão fechados.