As Poli…

Poli isto, poli aquilo… somos todos excelentes e polivalentes e capazes.

Pois é, um jornalista não é um designer, um marketeer não é necessariamente um RP,  um enfermeiro não é um médico, do mesmo modo que um informático não é um electricista. E isto deixa-me desconfortável com o mundo que me rodeia porque são negligenciadas as pessoas que se formam nas áreas específicas, que são capazes e competentes em prol da lei do “xicoespertismo” do desenrasca e assim ficamos todos num eterno “mais ou menos”.

Não me interpretem mal, faz favor. Sou absolutamente a favor de que o individuo não fique confinado eternamente a uma tarefa, até porque a questão das multi-tarefas só ajuda a crescer. Contudo, questiono o típico cenário do desenrasca. Não é bom para quem o faz, não é bom para a empresa, a longo prazo, não é bom para ninguém.

Vou ali desenrascar mais um…

ps. Poli é nome de pássaro. Asteriscos a todos, saudinha que eu vou acabar de gozar as minhas férias no nuorte… diz que já neva.

Advertisements