Paralelismos filosóficos – ou simplesmente uma maneira de dizer coisa nenhuma.

“Na base de um discurso fluentemente elaborado com indícios de alguma precisão quer seja ela matemática, quer seja apenas de origem espiritual e organizacional, confluem ideias e linhas de pensamento que muitas vezes dispersas levam a um mesmo paralelismo filosófico.”

 

Vêem, como é que se faz um paragrafo de absolutamente nada? Desafio e mudança procura-se! Urgentemente! Sei que é uma corrente de pensamento bastante actual, essa do comodismo e do aguenta-que-assim-vais-bem… mas devo admitir que a hipótese de fazer da minha vida um paragrafo como o anterior, deixou de ser uma hipótese, para ontem! Desafiem-se sffv.

Anúncios