(Des)equilibradas

Dizia a A.L. que “se deixarmos de dançar estas músicas feito palhaças se calhar vamos ter equilíbrio.

BAH! Então não quero.”

Se há coisa que nenhum da qual nenhum dos meus amigos se pode gabar, é de ser equilibrado. Nem forrando cada um deles com pulseiras do equilíbrio dos pés à cabeça, salvava a situação. Que se lixe! Aumentem o som e siga a festa que a vida são dois dias e os festivais duram três…

Advertisements