Publicado em livros

Diz-me a Verdade Sobre o Amor

“Todos os dias, pessoas de quase todas as idades descobrem que estão apaixonadas por um colega, um amigo, um vizinho ou até por um quase desconhecido. Não passa um minuto sem que alguém se apaixone e cada um desses minutos fatídicos fica para sempre na memória do apaixonado como o momento em que tudo mudou.
É então que surgem as questões com que todos nos debatemos: o que é estar apaixonado? Será que existem diferenças no estado de paixão entre homens e mulheres? Por que motivo nos apaixonamos por uma pessoa e não por outra? Será mesmo possível curar um coração partido?
Em Diz-me a Verdade Sobre o Amor, Nuno Amado faz uma breve síntese desta recente mas apaixonada abordagem científica ao amor. Num espírito de reconciliação amorosa entre ciência e arte, são usados milhares de anos de mitos, histórias, lendas e reflexões sobre o tema para ilustrar ou complementar teorias e experiências.
De forma bastante acessível, este livro aborda um tema controverso que interessará todas as mentes curiosas e apaixonadas que querem descobrir a verdade acerca do amor.”

Esta é a sinopse do livro de Nuno Amado, retirada da Wook (sabiam que tenho um amor desmedido pela Porto Editora? Boa empresa…boa casa de livreiros… 😉 ). Continuando… é a sinopse do livro do senhor e chamou-me a atenção, até porque estou com uma neura daqui à lua e hoje era um bom dia para encostar a cabeça na almofada e sonhar com algo agradável. Se bem que a minha dúvida neste livro é: Vou ler e vou continuar a sonhar e a viver a questão na sua plenitude? Ou será um abrir da caixa de pandora e ficar a saber mais do que aquilo que queria saber!?

Penso tantas vezes para mim que a ignorância seria uma benção em tantas questões, que apesar da curiosidade, não deixo de ficar ligeiramente angustiada com a possibilidade de libertar todos os males do mundo.

Que acham amiguinhos? Compro? Não compro? Mas, quem melhor do que um senhor chamado Nuno Amado para falar de amor? lol

(Sim, ando a precisar de estórias de cavalos brancos e castelos.)

Anúncios

Autor:

Eu sou a Vera e tive uma grande amiga que entretanto foi para o céu dos gatos... A ela seguiu-se a Siamesa... agora tenho um casal de pretos e uma tricolor louca que devora decorações de natal e fitas. Como sou criativa, a minha pegada digital começou em finais dos anos 90, ainda o upload de material era um terror e o "Terravista" um Sucesso. Gosto de novas tecnologias em particular de redes sociais. Sou caótica, desconheço o conceito de timming. Não como caracóis, carne e/ou favas. Não faço despedidas.

5 opiniões sobre “Diz-me a Verdade Sobre o Amor

  1. Ó que caraças…

    Nunca é um abrir da caixa de Pandora, quanto a isso podes estar certa. Agora, até eu fiquei com vontade de ler. E não há mesmo como ler e reflectir depois.

    Gostar

Os comentários estão fechados.