True Love

“Ninguém é obrigado a ficar com quem não gosta apenas porque sim, porque não quer morrer solteira e rodeada de gatos. Eu recuso contentar-me com menos do que um grande amor.”

(copiado do Espiral @ http://spiraal.blogspot.com/, que o copiou do crónicas perdidas)

Anúncios

5 thoughts on “True Love

  1. Não devemos contentar-nos com nada menos do que isso. Mas… é o que tantas vezes fazemos… ou somos derrotadas pela tempo…

    Gostar

  2. Em grande parte, é. Mas há que ter em atenção se não elevamos as expectativas em demasiado. Mas não me recomendo, neste momento, para tecer comentários a este tipo de coisas.

    Gostar

    1. E vão duas… não me quero lamuriar, mas começo a pensar que até mesmo quando baixo a fasquia, as coisas não têm corrido pelo melhor. Seja como for, não tenho espírito para fazer seja o que for de favor e até para joguinhos tenho limites.

      Gostar

  3. Sabes porque não correm pelo melhor? Exactamente por se baixar a fasquia. Porra que este mundo está virado…

    Não são lamúrias… são constatações. Quanto a fazer de favor, isso não raios… e joguinhos, só se forem bem interessantes.

    Gostar

Os comentários estão fechados.