Pensamentos soltos

Queria escrever sobre os hipotéticamentes do meu dia, só porque hoje me apetece que o mundo gire à minha volta. Só porque não é justo que me tratem como se fosse analfabeta só por não ser vidente e não decorar números de nove dígitos. Só porque ás 17h já saia de casa, e entreva ao trabalho 10 minutos mais cedo, só porque sabia que era o início da melhor parte do meu dia.

Chata? Mas Chata como? Chata simpática? Chata porque sim? Chata, chata mesmo! Chata p*ta que pariu põe-te a andar? Hei! Não se diz a uma miuda que: “estás a ser chata”, sem explicar a amplitude desse chata. Magoei.

Bolas, preciso de um abraço e preciso que te sentes ao meu lado, só porque sim e sem dizer nada. Pode ser? Só porque sim?

Tenho medo de dizer isto alto e da magia desaparecer. Tem acontecido imensas vezes nos últimos tempos.

Anúncios

6 thoughts on “Pensamentos soltos

  1. Ó que caraças… olha que nós vamos todos aí e damos um enxerto de porrada em quem te anda a deixar assim! 😉

    Vai um abraço daqui, pode ser? Sempre ajuda um bocadinho.
    Beijinhos.

    Gostar

    1. Pfff… passam tanto tempo a brincar com o dito cujo, e o desgraçado é tão “tótó” (como diz uma amiga minha), que dificilmente um neon o fazia perceber que a sua presença torna os meus dias bem mais agradáveis. Não falo em gostar, ou paixão, não é nada disso… mas é uma certa luz que me faz os dias mais leves… hoje foi uma trampa. lol… se é que me faço intender.
      Beijo e obrigada pelo abraço… ando muito carente…lololol

      Gostar

  2. Ó que caraças… as carências são f#didas, oh se são!
    Toma lá outro abraço e mais um beijo (que eu sei que não adianta nada, mas sabe sempre bem :))

    Gostar

Os comentários estão fechados.