Publicado em humor ou quase, Opinião, OUTROS

Falam, falam, mas ela está em todo o lado.

No outro dia o meu irmão mais novo chega a casa e pergunta: “Mas ela chora todos os dias?”

A mulher de quem o garoto falava, era a doce e terna Fátima Lopes, apresentadora de televisão. A senhora é emotiva, ora bolas!  Chora porque também estes programas da tarde andam a concorrer com o jornal da noite da tvi a ver quem desencanta mais desgraças escondidas neste portugalinho á beira mar plantado. O pior de tudo é que a culpa não é deles. É nossa! É daqueles e daquelas que a essa hora tem a televisão ligada e vêem esta programação. É culpa de quem continua a ler a revista Maria e a perguntar “fiz amor com uma almofada, será que estou grávida?”. É de quem compra o correio da manhã. É daqueles que vê as notícias e dizem: ”Txiii… já viram esta desgraça”, “Oh coitatinhos”, mas que depois na prática não passa disto mesmo… do comentário do “ái coitadinho”.

Voltando á programação. Meus amigos, eles têm audiência, vendem! É como contar um mais um.

E Fátima Lopes, a apresentadora, vende! E Cara amiga, deixe que lhe diga, os meus sinceros parabéns, porque esta mulher está em todo o lado. A senhora faz o trabalho dela, participa em acções de solidariedade social, come iogurtes actívia, usa cremes anti rugas e ainda arranja tempo para ir comprar os docinhos da Páscoa ao Modelo.

 

(ps.Lá vou eu ser empalhada em hasta pública pelas fãs da Sonae. E falei da senhora porque gosto dela, tá! Quanto mais não seja por solidariedade chorona, que não choro por tudo e por nada, mas também choro quando accionada a ficha certa.)

Anúncios

Autor:

Eu sou a Vera e tive uma grande amiga que entretanto foi para o céu dos gatos... A ela seguiu-se a Siamesa... agora tenho um casal de pretos e uma tricolor louca que devora decorações de natal e fitas. Como sou criativa, a minha pegada digital começou em finais dos anos 90, ainda o upload de material era um terror e o "Terravista" um Sucesso. Gosto de novas tecnologias em particular de redes sociais. Sou caótica, desconheço o conceito de timming. Não como caracóis, carne e/ou favas. Não faço despedidas.