Querido Pai Natal

Querido Pai Natal…

Este ano eu sei que a “coisa está fraca” mas para evitar desgostos (pelo menos da minha parte), resolvi escrever-te em carta aberta.

Olha lá, não é por mim, é pelas mães deste mundo. Por favor, (a não ser que as pessoas em questão manifestem esse desejo) evita tudo o que sejam ferros de passar, frigideiras de uma só colher de óleo, panelas de pressão, garfos de coçar as costas, corta unhas, cães de loiça e toda aquela parafernália que serve basicamente para coisa nenhuma ou para nenhuma coisa.

Agora por mim… por favor, para de me enviar livros de auto-ajuda. Ao fim de 25 anos a viver comigo mesma já percebi que o low-level de sanidade mental não tem cura, por isso é melhor trocar os “créditos” por algo mais construtivo. Na pior das hipóteses, serve bem um best-seller (desde que na capa não constem as palavras: margarida, flores, dias, esqueci, amor, how to…acho que já percebeste a ideia).

Bem, sejamos honestos…não me vais trazer um pc novo, nem aquela wacom que espero há anos, já nem falo do carro, mas sem rancor… amigos na mesma.

Desde que não me tragas nada de terrivelmente inútil que só me sirva de calço de uma cadeira ou enxoval para daqui a 15 anos, estamos bem! Amigos, felizes e contentes.

Não sabes o que dar? Fica-te pelas meias, pantufas e pijamas que ao menos combatem o frio e têm-me dado um jeitão daqueles… Evita as ofertas low-cost dos chinócas, até porque os apliques arranham e a durabilidade é questionavel!

 

Ps. Lembrei-me agora! Tens por aí namorados perfeitos em stock? Também servia!

Anúncios

2 thoughts on “Querido Pai Natal

  1. Olha lá…tu livra-te de pedires namorados ao barbudo que a última vez que pedi uma namorada ao gajo saiu-me a fava do bolo-rei. Mais valia que me tivesse dado uma rena que naquela altura até marchava a rena e o pai natal tb ía de embute…
    Mereces melhor…muitoooo melhor…
    Jocas barulhentas ***

    Gostar

    • Oh, sabes que ando sempre no gozo com estas coisas… mas… Se calhar já vinha tarde o barbudo… 😛 Nada de confusões, ando só a ver o terreno, mas…temos de falar… 🙂

      Gostar

Os comentários estão fechados.