Leis dos Gatos

Lei da inércia – um gato permanece a dormir, a menos que actuem sobre ele forças externas, como a abertura de uma lata de patê ou um rato a correr.
 
Lei do movimento – um gato move-se em linha recta, a menos que haja uma razão muito boa para mudar de direcção.
 
Lei do magnetismo – todos casacos e camisolas azuis e pretos atraem pêlos de gato.
 
Lei do dormir – todos os gatos dormem com pessoas sempre que possível, na posição o mais incómoda possível (para as pessoas).
 
Lei do alongamento – o gato pode fazer seu corpo bastante longo para alcançar qualquer coisa interessante que estiver em um local mais alto.
 
Lei da aceleração – um gato acelera a uma velocidade constante, até o momento em que resolve parar subitamente.
 
Lei da mesa – um gato tem que estar presente em todas as refeições em que alguma coisa boa é servida.
 
Lei do tapete – nenhum tapete pode permanecer por muito tempo em seu estado plano original.
 
Lei da resistência – a resistência de um gato varia em proporção ao desejo do humano de vê-lo obedecer.
 
1º lei de energia – um gato sabe que energia não pode ser criada nem destruída, então a utiliza o menos possível.
 
2º lei de energia – um gato também sabe que pode armazenar muita energia a dormir.
 
Lei do frigorifico – se o gato ficar a observar o frigorifico muito tempo, alguém tirará algo de bom de dentro dele.
 
Lei do conforto – um gato procura sempre e assume para si o lugar mais confortável da casa.
 
Lei do espaço – tudo que é ensacado ou empacotado tem que conter um gato dentro antes.
 
Lei da mobília – o desejo de um gato de arranhar a mobília é directamente proporcional ao custo da mobília.
 
Lei do descanso – um gato descansa sempre no lugar mais macio possível.
 
Lei do desinteresse – o nível de interesse de um gato varia em proporção inversa à quantidade de esforço que um humano gaste para o interessar.
 
Lei da rejeição – qualquer comprimido dado a um gato tem energia potencial para alcançar velocidade de fuga.
 
Lei da escuta – embora um gato possa ouvir uma lata sendo aberta à um quilómetro de distância, não pode ouvir um simples não à sua frente.
 
Lei da separação – todos os gatos em um determinado quarto se localizarão em pontos equidistantes um do outro, e equidistantes ao centro do quarto.
 
Lei da invisibilidade – um gato pensa que, se ele não o puder ver, você também não o pode ver.
 
Lei da obediência – ainda não criada.
NOTA:. RETIRADO DO DELICIOSO BLOG http://catish.blogs.sapo.pt 
Anúncios

8 thoughts on “Leis dos Gatos

    • Pois, sabes a minha casinha não é no sapo… pelo menos a conhecida… 😛
      Mas tens razão, é mesmo uma ternura. 🙂
      Culpa do meu amigo Harry que mo indicou…
      Bjoca

      Gostar

  1. Vou alterar a Lei da Escuta! A minha gata sabe perfeitamente o significado da palavra “Não”! Obedece, mas fica amuada… eheheh.

    : ))

    Gostar

    • Eu tinha uma cadela que era assim… lol
      A gata… a minha Pantera, faz de conta que não percebe, mas se ralhar com ela, mais cedo ou mais tarde sei que tenho uma dentada no calcanhar… falsa a bicha…lol

      Gostar

Os comentários estão fechados.