Ciúme

 

Nasce como uma faísca e apodera-se da nossa alma como uma labareda incandescente de raiva, desejo e posse… Ciúme rasga-nos as entranhas e deixa-nos reduzidos ao tamanho de uma ervilha.

O ciúme pode ser abafado, temperado, tímido, quase oculto, só revelado no espelhar de um olhar.

Pode também ser rápido, forte, devastador, como um tornado que tudo leva a frente.

Ciúme, podem ser os teus olhos, o meu toque, o sorriso dela, as palavras dele, os gestos de alguém… o ciúme, afrodisíaco terrível, companheiro de batalhas e causas perdidas.

Ciúme pode ser desespero, saudade, paixão, impaciência, tesão, desculpa, amor, confusão, amizade, desejo… puro desejo…

O ciúme pode fazer-nos respirar e fazer-nos sair em vitória de uma batalha. Pode também abafar-nos e reduzir-nos a pó e escombros.

Olhos de Gato

 

 

Anúncios

2 thoughts on “Ciúme

  1. “O ciúme pode fazer-nos respirar e fazer-nos sair em vitória de uma batalha. Pode também abafar-nos e reduzir-nos a pó e escombros.”

    So true…!!

    Gostar

    1. “And we are so fragile,
      And our cracking bones make noise,
      And we are just,
      Breakable, breakable, breakable girls and boys”

      As pessoas cansam-me! Eu canso-me de mim mesma… hmmmpf..

      Gostar

Os comentários estão fechados.