Banca *ipt

Mas porque carga d’agua é que a minha faculdade encerrou o protocolo com a CGD, ou seja, o banco do povo e aderiu a um protocolo com o Espírito Santo? Primeiro, espírito santo e banca são expressões que ligam tão bem como água e vinagre, depois ainda estou a ver se me esqueço de alguns episódios tristes.

Tipo a seca para o encerramento de conta, ou aparecer lá com uma t-shirt a dizer “show me the Money”- depois percebi porque é que o tipo do balcão olhava para mim com cara de gozo (ou era isso ou o ar alucinado de quem acabou de acordar).

Se por ventura e muito azar, tenho de me matricular de novo e abrir conta nos “verdes”, não respondo por mim, juro que não respondo!

Eu até já tenho cartões da caixa suficientes para fazer um baralho de cartas! Agora ia “arrecolher” um verde? VERDE?! ‘Tá mal!

Espero que, já que têm ligação directa a sagrada família, que sejam mais rápidos do que a concorrência no envio dos cartões.

Meninos da caixa, o cartãozinho da faculdade da menina no ultimo ano  (2008/2009), nem chegou a casa… Já gastei os créditos todos e não tenho direito a mais cartões ou é mesmo política ecologista? Em vez disso recebo publicidade que chega para fazer mascaras de pasta de papel por 4 gerações – e não me parece que os meus trisnetos cheguem a precisar de mascaras de papel reciclado para o Carnaval.

Que se lixe o cartão, pela falta que me fez!

 

Ps. Note-se que não tenho nada contra quem trabalha na banca. Para ser honesta até tenho pena de não ser filha do dono de um banco, acho que preenchia a perfil, mas a vida teve outros planos para mim.IPT

“É pá”, sou como aqueles velhos que resistem á mudança, principalmente quando não percebi o porquê da mudança. No que interessava a coisa até parecia estar a funcionar, apesar de um atraso ou outro… de resto, se tudo no IPT se atrasa, porque raio não haveria de se atrasar o banco uma vez por outra?

Será que mudaram por causa das cores? IPT, verde…hmmm… suspeito…

Okay, eu calo-me!

Anúncios

4 thoughts on “Banca *ipt

  1. Fiquei curioso e vim aqui, sou brasileiro mas você deve ter percebido isso. Adorei o blog, você o usa como um drário assim como eu. Eu também adoro cachorros, mas agora acho que voltei ao meu normal… Tem dias que realmente não me reconheço! obrigado por passar e ler um pouco das minhas frustrações.

    Gostar

    1. Lauro, se escrevemos é sempre agradavel saber que alguem lê. 🙂 Gosto Muito de BR. Quanto ás frustrações:Melhores dias virão! 😉 Tudo de bom, e obrigada pelo comentário 🙂

      Gostar

Os comentários estão fechados.