Ele há com cada uma…

Quando falo que a minha vida dava um livro de humor com alguma piada, especialmente pelo facto de estar assente em acontecimentos reais, não minto. E é pena não poder falar de alguns (dos melhores). As alminhas que privam da minha companhia conhecem o caso.

 

Sou aquela tipa que conseguiu deixar cair a carteira pelo ralo do escoamento de águas…

 

 Da última vez que saí para tentar fazer a condução (sem falar de mais um chumbo estúpido), fiz café, já a fintar o facto de não haver cafés abertos as 7h da manhã… saio de casa, derramo o café na mala de pano e nas calças, praticamente nem o bebi. Quando chego ao carro tinha a boca toda azul, tingida pelo copo do café… isto para constatar depois que tinha deixado os documentos em casa.

 

Há vidas e vidas, depois de anos com a típica desculpa de que chegava a casa a cheirar a tabaco por causa dos bares… do tabaco da amiga… do cão da vizinha… O meu irmão mais novo faz-me o descomunal favor de se desbroncar com a minha “patrocinadora”…

Ele: Oh mãe, sabes o que a mana anda a fazer?

Ela (senhora fica branca, azul, bege…): O que? O que é que se passa?

Ele: A fumar

Ela: Isso… ok.

 

Isto porque não costumo ocultar grande informação da minha vidinha. Tendo em conta que o que não me falta são amigas lésbicas, gays e personagens que fumam (e não é só tabaco) como quem respira oxigénio… Não são diferentes de nada, são amigos, ponto. Mas facto de continuar a existir a hipótese de um dia a minha progenitora poder ser avó de crianças “produzidas” aqui pela alminha, sossegou-lhe o espírito.

 

É uma boa maneira de solucionar o problema. Podia ter sido eu a fazer isto!

– Oh mãe, tenho uma coisa pra te contar… tas a ver a Ana? É minha Namorada!

– O quê? O quê? (já quase em prantos)

– Sossega, ela já vem aí, foi só snifar umas linhas e buscar a erva..

– FOI BUSCAR O QUÊ? ONDE? PARA QUÊ? NÂO QUERO ESSA GENTE CÁ EM CASA… (ou algo semelhante)

– Pronto, estava só a brincar, calma! Era só para perguntar se podia acender um cigarro…

 

E esta até é uma senhora de mente muito aberta e salvo excepções, não costuma ser preconceituosa. Isto para comprovar que somos todos muito liberais e modernos mas é quando o “problema” é dos outros. Outros tempos, outras cabeças, mas ainda falta mudar muita coisa.

Vou fumar o meu cigarrinho.

Anúncios

4 thoughts on “Ele há com cada uma…

  1. PImenta no cú do vizinho sabe a…quê? Mel? Já não me lembro…:)

    Anyway…de facto, não tenho filhos mas estou-me a começar a mentalizar para, quando os tiver (se os tiver) essa merda acontecer. Enfim…seria um desgosto mas, pronto, antes isso que…sei lá, eu dizia levar no cú mas atendendo ao objecto do comentário parece-me inapropriado 😉

    Gostar

    • Oh pah é das tais coisas… se um dia me voltar para esses lados ( não me parece, mas não posso cuspir para o ar), tenho a certeza das pessoas a quem n vou contar…por motivos obvios, não quero dar desgostos a ninguém… cobardia… n sei…
      De qualquer modo, Gajo, de certo não és assim tão mais velho do que eu… por isso percebo perfeitamente o teu ponto de vista… assim como o da minha rica mãezinha…
      bjokas e melhoras 😉

      Gostar

  2. como tu disseste há coisa de uns dias…

    podia ser pior… se namorasses o davide lol

    isto em jeito de brincadeira, porque eu gosto muito do davide com E!

    Gostar

  3. Pois, eu tenho consciencia disso….mas também espero que ng devasse a vida minha vida intima, qt mais fazer as perguntas k o senhor faz as sogras das pessoas…lol 😉

    Gostar

Os comentários estão fechados.