psssta gato, anda cá moedinha!!!

 Hoje proponho um desafio aos meus caros leitores (aos dois ou três). Pegue na sua carteira, porta moedas, esvazie os bolsos e olhe para as moedas que tem á sua frente. Se não for portador destes ícones, não fique triste que eu tenho aqui umas quantas e explico a coisa sem cobrar mais por isso.
Ora bem, verti todo o conteúdo do porta moedas e para além da constatação obvia sobre a minha decadência económica, cheguei a conclusão de que para além de ter pouquíssimas moedas de cunho português, as ditas são as mais “pobres”.
A ideia não partiu de mim, infelizmente, porque quando ouvi este exemplo na bela da aulinha de comunicação de crise, fui obrigada a uma auto-repreensão do género: ”Como é que eu nunca pensei nisto? Aqui está mais um valente post.” Siga.
Dos 5,16€ que constavam no meu estimado mas empobrecido porta moedas, constavam:
Duas moedas de 2€ (francesa, espanhola),
Duas moedas de 0,20€ (outra vez, francesa e espanhola),
Uma de 0,05€ (francesa),
E todo o resto de “miúdos” ou “pretos”, como se chama na gíria, eram portuguesas.

Ora bem, isto para concluir o obvio, algo está errado! Se estou em Portugal, numa cidade do interior (e lá se vai o argumento dos que me iam contradizer pelo facto de ser residente em Albufeira), adquiri as ditas moedas na bela região do Ribatejo, porque raio tenho o bolso cheio de moedas dos “nuestros hermanos” e dos “cheff’s do croisant”?

Está tudo relacionado com o facto de o nosso marketing estar a falhar de algum modo (excluindo o cenário da nossa economia – não falemos de coisas tristes). É a nossa moeda, a nossa “cara”, cartão de visita! Onde andam as moedas portuguesas!?

Problemática ainda maior! O que será feito dos coleccionadores de moedas de todo o mundo? Vão ficar limitados a uma colecção de euros com 8 moedas em falta, numa perspectiva animadora, 3, 4 em falta (porque no que diz respeito a moedas de cêntimo, temos para dar e vender).

Das duas uma, ou “andamos a falhar” no que concerne á imagem do nosso país ou esta é uma estratégia genialmente montada para fazer aumentar a procura da moeda nacional, logo, valorizar a mesma. De génio!

Seja como for, se ver uma moeda com o portuguesa, corra atrás! Poderá valer vir a valer milhões.

Boa noite, que agora vou pregar para outra “paróquia”.

ps. Olh’ó prémio. Para quem não sabe, ao que parece a moeda “tuga” também arrecada prémios. Veja no INCM.

Anúncios

4 thoughts on “psssta gato, anda cá moedinha!!!

  1. Amiga,
    Desculpa o reparo mas estás a ver a coisa pelo lado errado.
    Antes de mais felecito-te pela brilhante viagem ao Ribatejo. As saudades que eu tenho do meu Ribatejo.
    Quanto às moeditas, essa tua constatação apenas sugere o sucesso da economia nacional. Segue o raciocínio.
    Se encontras muitas moedas estrangeiras é porque os “camones” andam a gastar como o caraças aqui na nossa santa terrinha (no caso do Ribatejo foi em vinho ou cavalos – não estamos no tempo de melão). Se, por outro lado, não encontras as portuguesas é porque os tugas estão tão bem de vida que passam os fins de semana na serra nevada e outras estâncias nevascas da Europa. Vais ver que se fores à Serra nevada os espanholitos queixam-se que só vêem moedas portuguesas. Estou certo ou estou errado?
    Como diria o Cavaco, no século passado: Vivemos num oásis da economia mundial.
    Jokas

    Gostar

  2. lol. Ponto um- não é viagem, eu sou uma das fantásticas aquisições de um Politécnico instalado em terras de Gualdim. Apesar da escola em si ficar na terra da palha.
    Talvez tenhas razão. lol… mas Espanha!? hmmm… Andorra acredito, mas a Serra Nevada já é coisa para pessoal com o capital mais afrente.
    ***
    ps. O meu conterrâneo (sim, sou natural de Boliqueime) “raramente se engana e tem sempre razão”.

    Gostar

  3. Desde 1974, o problema da minoria nacional, reflecte-se em tudo. Não só nas moedas. Até nos escaparates dos centros comerciais se vê mais produtos estrangeiros que portugueses. A té a língua Portuguesa parece que virou uma manta de retalhos. E por ai fora, cá dentro, é um tudo, que vem de fora. Talvez porque? Em S. Bento, não labutem nacionais.
    Mas se gosta de moedas nacionais, as verdadeiras. Dê uma espreitada em: http://www.portugalaomundo.pt.vu
    Cumprimentos

    Gostar

    • Caro Eduardo Henriques… bom ponto de vista… apesar da curiosidade, ainda (não excluo) não aderi ao coleccionismo. O site está engraçado. Obrigada pelo comentário e pela dica 🙂
      Cumprimentos

      Gostar

Os comentários estão fechados.