Boa tarde, é da casa da Dona Maria?

Chamem-me antiquada, mas detesto faltas de respeito e invasão de propriedade. Vivemos numa era em que esses dois valores são quase névoa daquilo que foram.
Ora vejamos um bom exemplo:
19h00-20h00 Início de Jantar…
são críticas para empresas de créditos, bancos, comunicações moveis e fixas, promoção de Internet, meos, cabos, galp… “name it!”
Contra mim falo, que devo ter consciência do agressivo mundo da comunicação e do que o futuro me reserva. Mas entrar pela casa das pessoas a dentro, ligar 3, 4 e 5 vezes num dia a fazer a mesma proposta, e a receber a mesma resposta. Meus senhores, haja paciência!
Ora um suponhamos com a empresa de telemarketing, publicidade, callcenter, sei lá… que chamarei de xaga_X:

“xaga_X – Boa tarde, é a dona Maria?
Eu -Não (logo aqui, o não seco, fala por si.)
xaga_X – Ela está?
Eu -Não
xaga_X- Sabe quando podemos falar com a ela?
Eu -Sobre?
xaga_X – Inquérito sobre o parâmetro e as condições…. Oferta única….pardais ao ninho….
5 minutos depois – silencio
xaga_X – sim!? Sabe quando podemos contactar a dona Maria?
Eu – Pois não sei.
xaga_X – depois das 18h00
Eu -Não sei, talvez.
xaga_X – Ok, então boa tarde
Eu – Boa tarde”

O telefone tocou insistentemente três vezes nessa tarde. Tendo em conta que os contactos de comunicações moveis são restringidos a pessoas e entidades realmente importantes…subentende-se o que se passou…
Não querendo ser mais mal educada do que aquilo que já fui nesse dia, ando a procura das palavras secretas para os fazer debandar.
Numa destas semanas recebia mesma mensagem automática sobre uma factura em atraso três vezes. Nota, a factura a altura da primeira mensagem já havia sito paga há coisa de três ou quatro dias, nem sei precisar. O atraso foi de 24horas!!!
Não há modo de lidar com estas situações sistemáticas sem um profundo stress, em especial quando passamos a noite a estudar para fazer um exame, fazemos o exame, chegamos a casa e ouvimos o telefone tocar a tarde toda.
Agora começa a ficar desligado sempre que alguém quer descansar.

Anúncios

3 thoughts on “Boa tarde, é da casa da Dona Maria?

  1. Infelizmente estamos numa época em que esses esquemas abundam cada vez mais e nós estamos cada vez mais fartos disso e por sua vez os que trabalham nesses calls centers são cada vez mais pressionados até ao tutano para vender agressivamente e depois isto vira uma autêntica feira de ciganos…
    Sinais dos tempos…desligar o telefone é uma boa opção!
    Chuac 3 x

    Gostar

  2. Sonhos Obrigada. Gostei da visita 🙂

    Gajo, pois é…vender até ao tutano e ganhar uma ninharia… enfim.
    Beijocas a ambos***

    Gostar

Os comentários estão fechados.