Crazy pet lady

Há algo de muito intimo e comum em todas as pessoas que partilham a vida com animais. Umas mais loucas, mais pragmáticas, mais ou menos felizes, mas todas as que os realmente amam partilham aquela aura.

Um amante de cães muda muitas vezes de passeio para conseguir cumprimentar “aquele” cão diferente. Um dono com uma matilha em casa tem necessidade de falar e mostrar orgulho nos seus animais. Uma dona de gato fala do seu menino ou menina e conta todas as histórias que todos os gatos fazem (alguns mais inteligentes que outros)… Mas todos estes donos partilham aquela aura de quem se senta ao lado do seu amigo e volta a alinhar os chakras, a descansar a alma …

Todos temos uma história feliz, ou várias. Todos temos uma que nos faz doer a alma.

Deus fez os animais e deixou que o ser humano domesticasse alguns, num longo e talvez insano momento de inspiração. Ligou espécies totalmente diferentes que aprenderam a amar-se e a cuidar-se.

Quando o teu gato te mia, não te esqueças que para ela tu não és um grande gato, obviamente não o alfa porque és tu quem o alimenta, mas provavelmente és alguém por quem ele sente afecto… por isso é que ele vai e volta e por vezes enche-te o tapete de casa com cadáveres de pequenos animais. Aceita… vocês amam-se, são mais parecidos do que parecem.

O cão é mais fácil. Um cão estimado, amado, irá idolatrar-te, dividir contigo os seus dias será para ele um privilégio. Sorte a dos que podem crescer com um cão por perto.

 

Castre e esterilize os seus animais… Não os medique se consultar um especialista. Trate-os bem, o abandono não é solução.

Existe

Bicharada de A-Z (Parte 4 – Erliquiose)

 — E —

Erliquiose é ums doença parasitária que afecta maioritariamente os canídeos. O prozoário microscópico, a Ehrlichia, transmitido pela carraça do cão, afecta os glóbulos brancos. Esta doença pode também ser transmitida aos humanos, através da picada da carraça. Daí ser grande a necessidade de controlar estes parasitas em animais domésticos.

A mais comum é a Erliquiose monocítica canina – causada pela Ehrlichia canis .

 

Literatura online:

Bicharada de A-Z (Parte 3 – Demodex)

— D —

Demodex ou demodecose – É um tipo de ácaro que provoca a sarna em cães e gatos. Também conhecida por sarna demodécica, pode surgir no animal a qualquer idade ou quando apresenta fragilidades no sistema imunitário. Este ácaro pode instalar-se numa larga região do corpo do animal (sendo esta versão mais grave) ou em pequenas zonas sintomáticas. A pele fica áspera, os pelos caiem e a pele ganha uma espécie de escamação com espessamento e inflamação. No caso dos cães é mais visível nas extremidades do corpo.

Não é transmissível ao ser humano.

Bicharada de A-Z (Parte 2 – Babesiose e Carraças)

— B —

Babesiose – É uma doença transmitida durante a picada da carraça, onde esta liberta no hospedeiro um parasita chamado Babesia Canis. Este parasita afecta principalmente o cão, destruindo os glóbulos vermelhos (com as esperadas consequências que essa destruição deve adivinhar). Pode suspeitar de babesiose se o seu cão aparentar um cansaço injustificado, tristreza, prostração, mucosas esbranquiçadas (como que anémicas).

Como já referi anteriormente, na dúvida, fale com o seu médico veterinário e usar sempre um desparasitante se costuma passear no campo com o seu cão. As carraças podem ficar agarradas ao cão durante horas/ dias e são um vector muito perigoso de transmissão de doenças.

A Babesiose pode contagiar pessoas e outros animais. No entanto a contaminação nunca acontece através do cão, mas sim da picada da carraça contaminada. O seu cão não é culpado, a carraça sim! Cuide do seu animal de estimação.

Parece divertido? Fonte

 

— C —

Carraça – É uma conhecida da generalidade dos donos de cães e gatos, no entanto nem todos sabem a quantidade de doenças que estas podem transmitir entre animais e humanos. No entanto deixo aqui um filme sobre a vida desta nossa amiga ectoparasita.

…existem em quase todas as regiões zoogeográficas, parasitando uma ampla gama de hospedeiros como mamíferos, aves, répteis, anfíbios e ocasionalmente podem parasitar o Homem. A crescente importância médica atribuída às carraças advém da aptidão que têm para se fixarem ao Homem e serem vetores de agentes de doença com importância em saúde pública.

Dra. Maria Margarida Santos Silva, Aqui

Outra perspectiva mais realista sobre o ciclo de vida das Carraças:

Literatura online:

Save

Save

Save

Parabéns Portugal

tumblr_o9i5gmqw7w1sezokho1_400

Diz que ontem Portugal ganhou tudo e mais alguma coisa no desporto (dando a alguns um chá de humildade). Tenho de admitir que não sou de bola, nem tenho muita paciência. .. mas sou pela justiça do que nos foi roubado, do que disseram sobre nós,  das faltas de respeito com os emigrantes portugueses (em especial com os luso-africanos).  Ontem fez-se justiça! Parabéns! ! !

#por #euro2016 #gugugal #gatapreta

 

Save